Uma dúvida muito comum que surge para pessoas que querem fazer pagamentos pelo seu banco: qual a diferença entre TED, DOC e transferência bancária?

É uma dúvida comum e compreensível. Ver as opções por cima, no seu internet banking ou nos caixas eletrônicos de autoatendimento, pode ser muito confuso. Parecem, essencialmente, a mesma coisa. E elas são parecidas, mesmo. A boa notícia é que logo as confusões diminuirão.

Vejamos tudo por partes.

TED, DOC e Transferência bancária

Sua dúvida é muito comum pois tanto a TED quanto o DOC são também transferências bancárias. A única diferença entre eles dois e a transferência bancária comum é o destino da transação.

A transferência bancária pode ser feita apenas para contas do mesmo banco. Assim, se quiser transferir qualquer valor para alguém cuja conta seja no mesmo banco que o seu, transferência bancária comum é a escolha certa.

TED e DOC, por outro lado, são as escolhas disponíveis para quando a transferência de dinheiro será feita para uma conta num banco diferente do seu. Simplificando, é a transferência entre bancos.

TED e DOC: diferenças mais antigas

Saber que TED e DOC são ambas formas de se transferir dinheiro da sua conta para outro banco pode parecer ainda mais confuso. O que os diferencia, então?

A realidade é que, antigamente, haviam maiores diferenças.

DOC – É a abreviação para Documento de Ordem de Crédito. O DOC tem algumas características diferentes da TED. Uma delas é o tempo que demora para a transação ser concluída, de no mínimo 1 dia útil. Às vezes pode demorar mais – bem mais. Tudo depende de questões dos dois bancos envolvidos.

Outra diferença são seus valores. O DOC tem um limite máximo de valor para se transferir, de R$4.999,99.

TED – É a abreviação de Transferência Eletrônica Disponível. Era a transferência a ser escolhida quando seus valores a transferir fossem de R$5.000 ou mais. Seu limite mínimo era de R$500. Outra diferença com relação ao DOC é que a TED cai geralmente no mesmo dia, sem tanta demora.

Atualmente

Como a TED é uma modalidade de transferência muito mais ágil, o governo foi diminuindo seu valor mínimo exigido. Ele primeiro caiu para R$250 e, hoje, não existe mais. Você pode optar por fazer sua TED no valor que quiser. Tudo será feito de forma mais rápida.

Porém, fique atento ao escolher a TED. Diferentemente do DOC, essa modalidade não permite que você cancele ou mude a transação. Sempre que preencher os dados, certifique-se de que esteja tudo certo – duas vezes, se for preciso.

Como e onde fazer transferência bancária comum, TED e DOC?

Em breve o DOC deve cair em desuso. Você pode já ir optando pela TED.

De qualquer forma, os bancos disponibilizam que você faça qualquer uma dessas modalidades: pessoalmente, no seu banco; pelos caixas eletrônicos e postos de autoatendimento; pela internet, via bankline; e por bankfone também.

Taxas

A transferência bancária, eletrônica ou não, costuma ser livre de taxas. E isso a diferencia bastante de DOC e TED.

DOC e TED têm taxas cobradas, e não são tão baixas assim. A boa notícia é que o valor dessas taxas não é percentual – são valores fixos, que não variam. Não importa se seu valor de transferência é de R$100 ou 10.000 reais.

Se você sente alguma dificuldade em efetuar transferências por autoatendimento e via internet, peça ajuda de alguém de confiança, da sua família. Vale a pena, pois as taxas cobradas para efetuar transferências para outros brancos pessoalmente costumam ser bem perto do dobro das demais.

Por isso que, dependendo da situação, pode ser mais vantajoso efetuar um depósito físico comum, no banco do destinatário. Você fica livre de taxas, é especialmente bom para valores baixos.

DOC e TED podem dar errado?

Sim, podem. Isso pode ocorrer por diversas razões, vindas dos dois bancos. As transferências passam por análises e processos de autorização, e se algo está fora do acordado, a transferência não é finalizada.

Quando isso acontecer você deve contatar o gerente do seu banco. É comum que as transações não se completem por dados errados, mas podem haver outras razões, até mesmo suspeitas.

O problema de quando derem errado é que, não apenas seu dinheiro não é entregue como desejado, mas a taxa paga não é reembolsável. Para refazer a transferência você deve pagá-la novamente.

Mais um motivo para redobrar a atenção ao efetuar suas transferências e escrever os dados.

Dados necessários

Para fazer DOC e TED você precisa de alguns dados do destinatário:

– Nome completo;

– CPF ou CNPJ;

– A informação se é conta corrente ou poupança;

– Número do banco (geralmente fornecido online);

– Número da agência e conta.

Qual a diferença entre TED, DOC e transferência bancária?